Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

TEMPOS DE CÓLERA

A Humanidade é uma revolta de escravos (Alberto Caeiro, Poemas)

Almeida Garrett 

02.02.23 | Manuel | comentar
Destino Quem disse à estrela o caminho Que ela há-de seguir no céu? A fabricar o seu ninho Como é que a ave aprendeu? Quem diz à planta «Florece!» E ao mudo verme que tece Sua mortalha de seda Os fios quem lhos enreda? Ensinou alguém (...)

Anti-Cristo

28.01.23 | Manuel | comentar
Frederico Nietzsche Eis-me chegando ao fim e eis a minha sentença. Condeno o cristianismo, lanço contra a igreja cristã a mais terrível acusação que jamais passou pelos lábios de um acusador. Para mim ela é a maior corrupção (...)

Assata Shakur

24.01.23 | Manuel | comentar
  Afirmação Eu acredito no viver. Eu acredito no espectro dos dias Beta e do povo Gama. Eu acredito no brilho do sol. Em moinhos de vento e cachoeiras, triciclos e cadeiras de balanço. E eu acredito que sementes tornam-se brotos. E brotos (...)

O Vício Em Lisboa

06.01.23 | Manuel | comentar
Fernando Schwalbach É a porta por onde entram para o vício baixo a maior das desgraças, a quem a sua má cabeça ou um passo em falso, arrasta para a estrada, que ao princípio, se lhes afigura toda de rosas, mas de onde, dados os primeiros (...)

Joseph Ratzinger

02.01.23 | Manuel | comentar
por Marc Vandepitte: Joseph Ratzinger faleceu aos 95 anos. Ele é conhecido basicamente como Papa, mas as suas principais realizações devem ser encontradas no período em que foi Prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé. Aliás, (...)

Guerra Junqueiro

30.12.22 | Manuel | comentar
PARASITAS No meio duma feira, uns poucos de palhaços Andavam a mostrar; em cima dum jumento, Um aborto infeliz, sem mãos, sem pés, sem braços, Aborto que lhes dava um grande rendimento.   Os magros histriões, hipócritas, devassos, Explo (...)

Arte de Furtar

26.12.22 | Manuel | comentar
Como os maiores ladrões são os que têm por ofício livrar-nos de outros ladrões Não pode haver maior desgraça, no mundo, que converter-se, a um doente, em veneno a teriaga que tomou para queimar a peçonha que o vai matando. Ferir-se e (...)